Pesquisar neste blog
 
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


Arquivo
Mais comentados...
10 comentários
7 comentários
5 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
Links
Choose your language
Ana Filipa

Cria o teu cartão de visita
Meteorologia
Click for Lisboa, Portugal Forecast
Contador de Visitas
hospedagem de sites
hospedagem de sites
Número de pessoas online
Visitantes do Blog
Protected by Copyscape Web Plagiarism Check
Protected by Copyscape Web Plagiarism Check
blogs SAPO
subscrever feeds
Segunda-feira, 1 de Maio de 2006
COMEÇO

COMEÇO...

Não só porque hoje comecei a escrever aqui (todos os artigos publicados antes desta data foram publicados primeiro no Hi5), como também hoje nasceu uma nova Ana... Deixei de lado aquela sombra de perdição que há dias se apoderou de mim...

Aquela sombra de confusão... aquela sombra que me deixava perdida.. sem rumo... sem saber que fazer da vida.! Aquela sombra que deixava-me sem orientação... Não sabia que havia fazer em relação à escola, à minha vida, ao meu futuro... Todas as pressões, todos os conselhos que me davam faziam-me sofrer e sentir mais perdida... Dentro de mim havia a indecisão, o temor... o medo... o medo do futuro... o medo de reagir... Sentia que a minha vida tinha perdido qualquer sentido e que esta tinha chegado ao fim....

O meu corpo tremia só de pensar em ir para aulas... tanto decidia em voltar para aulas, como de repente me lembrava de ir trabalhar, como tão depressa apetecia-me ficar sem fazer nada até o novo ano lectivo... Mas lembrei-me do que precisava para reagir...

 Pensei em mim... Eu! Lutadora incessante, guerreira da vida, tanto que ultrpassei, batalhei... tantas provações de Deus... tanto sofrimento... tantos calmantes, anti-depressivos... Meu Deus eu não sou inexperiente em problemas... e não é um espécie de "crise de identidade" que me irá derrotar... porque não foi um divórcio dos meus pais que me derrotou, os problemas familiares que o divórcio originou, os meus complexos físicos, as minhas desilusões amorosas, o ter conseguido acabar o 12ºano quando tudo parecia apontar para este ano estar perdido, a doença e falecimento do meu querido avô que sempre será uma referência para mim, a minha força de vontade para emagrecer,etc...

O que eu já passei, o meu esforço para superar todas as dificuldades, tudo... tudo o que já passei não creio que seja em vão...

Eu não posso desistir enquanto não viver a minha vida e realizar os meus projectos! Quero tirar o meu curso,  ser mãe, escrever um livro que precorra o mundo e sobretudo viver a vida!!!

Quero beber o néctar da vida que Deus tem para mim! Quero aproveitar todos os momentos e vivências que Deus programou para mim! No Sábado quando fui passear de carro para aliviar a mente senti mais uma vez a "mão" de DEus na minha vida... Podia ter tido um grave acidente... podia neste momento estar em coma, ou tetraplégica, ou morta... Que seria dos meus entes queridos se eu morresse... tanto sofrimento que lhes iria causar... Eles não merecem... amo-os demais para os fazer sofrer de tal maneira! Os meus pais, avò e o meu falecido avô têm tantas esperanças em mim e eu não os quero desiludir... hei-de brilhar e fazê-los orgulharem-se de mim! E irei cumprir a promessa que em sonhos fiz ao meu avô... não posso deixar a minha mana sózinha...

Depois de todos estes sentimentos fluirem em mim, tomei um banho, ajudei a minha mãe a arrumar a casa, arrumei o quarto e fiz planos para mim! No banho deixei que a água fria me fizesse arrepiar e fazer snetir frio... quis sentir que de facto estou viva e que quero viver!!! Afinal mal senti água fria, senti logo necessidade de temperar a água... Não baixei e não vou baixar os braços tão cedo...

O esgotamento não aconteceu pro acaso porque  "O Inevitável sempre acontece"... e Deus tece o nosso destino e seja ele qual for... tem que ser cumprido com todos os detalhes...

Após o banho lembrei-me de um conselho da Cosmopolitan e lembrei-me de mimar o meu corpo... acreditem foi remédio santo... Após o banho quentinho, apliquei hidratante em todo o corpo, desdes os pés à ponta de cada cabelo. A minha pele está macia e o meu cabelo bonito... quanto à cara... as lágrimas já me devem 'tar a fazer olheiras... mas eu sei que sou sensível e transparente em sentimentos...  Sinto-me limpa, cheirosa, determinada e confiante... Quero viver um dia de cada vez, seguir as coordenadas que Deus deu para a minha vida, aprender a ser feliz com o que tenho e aproveitar o dia a dia...

Vou fazer neste momento algo que satisfaça o meu intimo, já que não consigo ir para as aulas, e que toda a natureza se revolta contra o meu ser quando o tento fazer, vou trabalhar... é uma experiência nova... um caminho novo... E vai ser como uma pausa que vou fazer nos estudos...

Quem sabe não será um incentivo aos meus estudos... E Setembro quero voltar... Vou voltar, retomar o 3ºano da faculdade como se fosse a primeira vez que o frequentasse... Vou enterar o passado, limpar o meu "esgotamento" e problemas que o rodearam e provocaram...

Colegas novos e quem sabe professores novos... uma lufada de ar fresco para a minha vida...

E essencialmente não me devo sentir-me inutil por ter perdido "um ano", simplesmente estou a seguir o caminho que Deus traçou para mim... Coisas boas acontecem e quando Deus fecha uma porta... abre-nos algures uma janela...

Não sei o meu futuro.... mas sei que é o que Deus acha melhor para mim!

Força para mim! Eu sei que irei ser capaz...


I feel:
Estou a ouvir...: João portugal - Não existem coisas Más, existem coisas menos

Publicado por... anynhasblog às 20:47
Link do post | Comments... | Adicionar aos Favoritos
 O que é? |  O que é?

Um pouco sobre mim...
Posts recentes

30 de dezembro 2013